Lar

by Bruno Roberti

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $7 USD  or more

     

1.
05:39
2.
3.
03:51
4.
5.
02:45
6.
7.
8.
02:14
9.
10.
03:09
11.

about

Bruno Roberti was born in 1981 in São José dos Campos, located in the countryside of São Paulo state. He started his studies of acoustic guitar when he was 8 years old, and was brought up in a very musical home: during the meals and daily small talks, it was quite common listening from the record player artists like Elis Regina, Gilberto Gil, João Bosco, among other great names of the Brazilian popular music.

At the age of 19, he moves to São Paulo city and graduates in Communication Studies. He makes a career out of Marketing, occupation which having not brought him any realization, only increased, as time went by, a growing desire: drop everything to dedicate himself to music.

In 2011, he finally leaves the corporate life and starts recording his debut album after an invitation from Dudinha Lima, a talented bass player and producer, who has played in all universe of the Brazilian popular music – from Banda Black Rio to Gal Costa, from Seu Jorge to Lobão. From then on, the album Lar started to emerge.

The album features more than special participants such as Seu Jorge and the master of harmony Toninho Horta, as well as other remarkable Brazilian musicians. There are 11 authorial songs, from which three of them are in partnership with the poet and songwriter Paulo César de Carvalho. Roberti composes with equal naturalness sambas and bossas, folks or foxtrots. His lyrics translate different aspects of his biography, from his search for doing something he loves to good-humoured quotidian themes. The sonority from the album is inspired by the old school Brazilian popular music from the artists he used to listen to in his parents’ house in childhood. Not by chance, Lar (“Home”) is the tune which opens and names the album, whose lyric reveals its greatest cocoon: one’s own heart as a place to live and follow one’s vocation.

Totally independent, Lar was officially launched in 11/11/2013. At last, Bruno Roberti, who has made his heart a home for his vocation, is ready to make the road his residence.

credits

released November 11, 2013

1. RAIANDO/LAR
Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass, bells and mellotron/ Bruno Roberti: acoustic guitar/ Erik Escobar: fender rhodes/ Jota Erre: shakers and tambourine/ Paulo Malheiros: slide trombone/ Daniel D’Alcântara: trumpet/ Ricardo Herz: violins

2. NÃO ARREGA, NÃO
Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass/ Bruno Roberti: acoustic guitar/ Erik Escobar: wurlitzer/ Jota Erre: pandeiro and shaker/ Felipe Roseno: cuíca/ Marcio Forte: floor tom/ Paulo Malheiros: slide trombone/ Will Bone: tenor sax, flugelhorn and piston

3. VAPOR
Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass and electric guitar/ Bruno Roberti: guitar and backing vocals/ Jota Erre: bongos, blocks and afuxé/ Xuxa Levy: transverse flutes and melodica

4. EU COMIGO MESMO
Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass/ Bruno Roberti: acoustic guitar/ Erik Escobar: fender rhodes/ Jota Erre: clave, shaker, conga and tamborim/ Paulo Malheiros: slide trombone

5. ENCANTO
Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass, claps and choir/ Bruno Roberti: acoustic guitar, claps and choir/ Erik Escobar: upright piano/ André Lima: organ/ Jota Erre: percussion/ Paulo Malheiros: slide trombone/ Daniel D’Alcântara: trumpet

6. FOR ALL BLUES
Toninho Ferragutti: acorddion/ Dudinha Lima: bass/ Bruno Roberti: acoustic guitar/ Jota Erre: floor tom, floor tom ring and triangle/ Ricardo Herz: rebec and violin

7. DESCARADA
Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass/ Bruno Roberti: acoustic guitar/ Erik Escobar: organ/ Walmir Borges: electric guitar/ Jota Erre: hi-hat, shaker and agoguiro/ Felipe Roseno: cuíca/ Paulo Malheiros: slide trombone/ Marcio Forte: floor tom, pandeiro and tamborim

8. BIRITA
Toninho Ferragutti: accordion/ Bruno Roberti: acoustic guitar/ Marcio Forte: bongos, shaker and castanets

9. LIBERTAS QUAE SERA TAMEN
Toninho Horta: acoustic and electric guitars/ Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass and mellotron/ Erik Escobar: fender rhodes/ Jota Erre: shaker and pandeiro/ Felipe Roseno: cuíca/ Marcio Forte: floor tom/ Ricardo Herz: violins

10. REVOLTADINHO
Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass/ Bruno Roberti: acoustic guitar

11. DESNECESSÁRIO
Samuel Fraga: drums/ Dudinha Lima: bass/ Bruno Roberti: nylon and plate acoustic guitars/ Jota Erre: lighters, tambourine and cymbals/ Daniel de Paula: cymbals/ Ricardo Herz: violins

MUSICAL AND EXECUTIVE PRODUCTION
Dudinha Lima

All tracks recorded by Dudinha Lima at Buenafamilia Studio (São Paulo, SP), except:

Revoltadinho's voice and guitar, recorded by Bruno Roberti at his homestudio (Mexico City, MX);

Descarada's voice of Seu Jorge, recorded by Dudinha Lima and Bruno Roberti at Seu Jorge's home (São Paulo, SP)

Desnecessário's nylon and plate acoustic guitars, recorded by Fabio Pinczowski at Estúdio 12dólares - São Paulo, SP.

AUDIO ENGINEERING AND EDITION
Dudinha Lima, at Buenafamilia Studio (São Paulo, SP).

MIXING
Dudinha Lima, at Buenafamilia Studio and Estúdio Mixnova (São Paulo, SP).

MASTERING
Felipe Tichauer, at Redtraxx Studio (FL, EUA).

STRINGS ARRANGEMENTS
Lar and Libertas quae sera tamen: Dudinha Lima/ Desnecessário and For all blues: Dudinha Lima and Ricardo Herz.

BRASS ARRANGEMENTS
Não arrega, não: Dudinha Lima/ Lar: Bruno Roberti and Dudinha Lima/ Eu comigo mesmo: Bruno Roberti.

TRANSVERSE FLUTE ARRANGEMENTS
Vapor: Xuxa Levy and Dudinha Lima.

DESIGN
André Roberti.

PHOTOGRAPHY
Rob Bain.

tags

license

all rights reserved

about

Bruno Roberti São Paulo, Brazil

contact / help

Contact Bruno Roberti

Streaming and
Download help

Track Name: Raiando/Lar
e se eu deixar
todo o conforto
e me atirar
na vala do mundo
e se eu rodar
em panos rotos
e viajar
mais que trabalhar

sucesso o quê
bando de louco
não quero ser
um a somar
ficar pra quê
neste sufoco
de me vender
para alugar

um cidadão
que não tem lar
meu coração
é o meu lugar
Track Name: Não Arrega, Não
pode até dizer
que dois amarelo é vermelho
e quando o sinal se esverdeia
é ordem pra acelerar

pode me explicar
que só três por cento ao ano
é o que permitirão ceder
pro meu salário aumentar

pode proibir
sem carteirinha não se entra
e se tem menos de sessenta
nesta fila não vai dar

pode me multar, caçar, processar
cada vez que eu perco
o dia de pagar
a conta do meu celular

pode insistir
que de goleiro vale dois
pra feijão tem que ter arroz
minduim de entrada

mas pra viver
não há regra, não
pois se for ver
não tem regra

mas pra viver
não arrega, não
pois se for ver
não tem regra
Track Name: Vapor
meus olhos ardem
num círculo de fogo
do qual não consigo sair
as nuvens descem
e formam um teto
do teto tento
um jeito
de fugir
de repente
o mundo muda
nuvem vira chuva
que apaga o fogo
e vai pro céu
em forma de vapor
Track Name: Eu Comigo Mesmo
eu não nego
meu amigo
estou tão só
só eu
e meu umbigo
que fico insone
pego o telefone
e me ligo
caso antigo

ao me atender
eu me chamo de você
e me digo
eu te amo
eu te adoro
eu te quero
meu querido

estou tão sozinho
tão alone
sem abrigo
que disfarço
passo pelo fone
e me faço carinho
relaxo ao me lado
e durmo
abraçado comigo
caso antigo
Track Name: Encanto
hoje não canto
o que me desencanta
o entretanto
o pranto
o que não me levanta

hoje canto
o que está pronto
o que chega no ponto
o espanto
o tanto
o que me deixa tonto

não é em qualquer canto
que a gente encontra
um encanto
hoje canto
o encontro
Track Name: For All Blues
você gosta de blues
eu só sei forró
juntei os dois em um
pra não ficar só

meu jazz é paulatino
parte do nordeste
escalas pentatônicas
cabra da peste

nem eu mais sei
o que é o quê
mas por que é que tem
que entender

se quando é mais suave
é de orleans
se bate mais sequinho
da paraíba
Track Name: Descarada (feat. Seu Jorge)
fiquei cara a cara
com sua cara lavada
descarada
é melhor ficar calada
caí de cara
minha cara
que mal
fiquei de cara
com sua cara de pau

eu vi a encarada
na cara dura
tá na cara
criatura
não mascara
você ficou com o cara
e eu com a cara no chão
que carão
quem vê cara
não vê coração
Track Name: Birita
peço assento
já sabe a que venho
sempre o mesmo
podia ter meu nome
e ela vem
fazer-me companhia
curar-me da agonia
que só ela entende bem

dou-lhe um beijo
parece o primeiro
num segundo

já parto pro terceiro
vejo o mundo
de forma diferente
parece interessante
não ter tanta lucidez

vem me levar contigo
nem vou pensar na volta
sei do arrependimento
e depois juro
não te ter mais
birita
Track Name: Libertas Quae Sera Tamen (feat. Toninho Horta)
diz gostar demais
mas preferiu perder
quer ter liberdade
ainda que tarde
triste fim
pois sente amor
por mim

não quero julgar
mas não me peça
pra entender
tentar conciliar
independência
e o coração
só nos fará
sofrer

se era melhor a solidão
por que cultivou-me
em sua mão
justo quando encontra
quando o coração se apronta
o atirou
no chão

parece impossível esquecer
a tristeza cega
a compreensão
de que qual seja
a minha história
no futuro
você não está
não
Track Name: Revoltadinho
mirei bem
entrei com dois pé na porta
amém
caí de costas
quebrei o antebraço
veja que bosta
ninguém é de aço
e apanha
ferindo qualquer orgulho
quem só quer gata
acaba pegando bagulho

não adianta
bancar o revoltadinho
se tá nervoso
arranca as carça
pisa em cima
mas vê se disfarça
pra vida
não castigar com o mote
cavalo bravo
se amansa
batendo o chicote

se controla
fala direito com a gente
ninguém tem culpa
da tua inquietude
de estar perdendo
toda a juventude
e a vida
te estar socando na fuça
até quando
meu caro
você ficar sussa

não adianta
bancar o revoltadinho
ninguém tem culpa
da tua inquietude
de estar perdendo
toda a juventude
e apanha
ferindo qualquer orgulho
quem só quer gata
acaba pegando bagulho

mirei bem
entrei com dois pé na porta
amém
se tá nervoso
arranca as carça
pisa em cima
mas vê se disfarça
e a vida
te está socando na fuça
até quando
meu caro
você ficar sussa

se controla
fala direito com a gente
caí de costas
quebrei o antebraço
veja que bosta
ninguém é de aço
pra vida
não castigar com o mote
cavalo bravo
se amansa
batendo o chicote
quem só quer gata
acaba pegando bagulho
até quando
meu caro
você ficar sussa
Track Name: Desnecessário
não sei dizer
descrever
detalhar
nem tem porquê
nem de quê
nem sei lá
só sei...
sei nada
será que terei
que achar
palavras pra representar
desnecessário
muito ao contrário
você já sabe
o que eu quero
te dizer
mas não tem jeito
não sai do peito
mas está lá